Academia de Líderes Ubuntu Escolas

Objetivos do Projeto

Academia de Líderes Ubuntu Escolas é um programa de educação não-formal, de capacitação, destinado a jovens entre os 13 e os 18 anos, desenvolvido a partir do modelo de liderança servidora e com a inspiração de figuras como Nelson Mandela, Malala Yousafzai ou Martin Luther King. O projeto foi concebido e é orientado pelo Instituto Padre António Vieira (IPAV), uma associação cívica sem fins lucrativos, que tem por missão a promoção da dignidade humana.

Através da Academia de Líderes Ubuntu, em implementação no AESS desde 2021/2022, procura-se: 

  • Capacitar jovens enquanto agentes de transformação ao serviço das comunidades, promovendo o desenvolvimento integrado de competências, com enfoque nas capacidades para a liderança servidora;
  • Capacitar educadores que, demonstrando ter experiência e aptidão como formadores, reconhecendo o potencial de transformação do método Ubuntu, ajudem a disseminá-lo promovendo uma cultura de construção de pontes, onde os líderes servidores tenham um papel cada vez mais relevante;
  • Promover o diálogo entre e dentro das comunidades para a promoção da paz e construção da justiça, contribuindo para o desenvolvimento de sociedades mais inclusivas e resilientes;
  • Desenvolver uma ética do cuidado, focada na empatia, atenção e responsabilidade, considerando três dimensões: eu, eu-outro, eu-mundo.

EQUIPA DE EDUCADORES UBUNTU
Nuno Sousa
José Cruz
Marco Mendes
Alice Santos
Augusta Ribeiro
Carla Maia
João Araújo
Tiago Silva
Sara Silva
Fátima Ribeiro
Bertília Silva
Vítor Teixeira

Semana Ubuntu

A Academia de Líderes Ubuntu visa desenvolver e promover competências pessoais, sociais e cívicas dos e das participantes, capacitando-os/as como agentes de mudança ao serviço da comunidade, ajudando a construir uma comunidade mais participativa, justa e solidária. Para isso, uma equipa de educadores, previamente formados na filosofia ubuntu, desenvolve o programa UBUNTU em regime imersivo, durante uma semana. Cinco dias (segunda a sexta-feira), idealmente em período letivo, em que educadores e alunos são dispensados das suas aulas e vivem intensamente os cinco seminários temáticos – Liderar como Mandela, Construir Pontes, Vencer Obstáculos, Vidas Ubuntu e I Have a Dream.

Ao longo da semana pretende-se:

  • Formar para a liderança servidora;
  • Trabalhar o sentido e o propósito de vida;
  • Promover as suas competências socioemocionais;
  • Capacitar para a mediação de conflitos, negociação, colaboração e trabalho de equipa;
  • Mobilizar para a criação de soluções conjuntas para os problemas da comunidade.

Clube Ubuntu

Após a semana Ubuntu e com os alunos que viveram a experiência, é criado um Clube Ubuntu, cujo programa é definido pelos alunos e educadores. Existe um Manual dos Clubes para apoio na sua dinamização que pode passar pela celebração de efemérides Ubuntu, atividades como ações de voluntariado na escola ou na comunidade, intercâmbios com outros clubes com o objetivo de colocar em prática o pilar do serviço e continuar a manter vivo o espírito Ubuntu durante o ano letivo. No início do ano letivo 2022/2023 foi criado o primeiro clube UBUNTU com um conjunto de atividades em curso.